5 Mitos e Verdades Sobre Seu WiFi

O WiFi é uma tecnologia que já foi incorporada em nossas casas e está sendo cada vez mais utilizada. Hoje ela é para muitos a opção de acesso padrão à internet. Por isso, reunimos aqui 5 mitos sobre o WiFi para que possamos esclarecer de uma vez por todas estas dúvidas que muitos podem ter e não sabem se são verdade.

MITO 1: O WiFi não é confiável, é lento e é assim mesmo. É melhor simplesmente se acostumar.

Sinal Wifi Ruim

NA REALIDADE: Nos primeiros anos da tecnologia sem fio, isto provavelmente era verdade.

Entretanto, as coisas progrediram exponencialmente, particularmente nos últimos anos, e agora o WiFi é visto praticamente como algo corriqueiro, como água ou eletricidade (se você tem filhos adolescentes, eles provavelmente argumentariam que é ainda mais importante!) Só porque talvez você tenha um WiFi terrível em casa, no escritório ou fora dele, não significa que tenha que ser assim.

Há pequenos ajustes que você pode fazer para obter grandes melhorias – posicionamento do roteador, mudança para um canal menos congestionado, ou até mesmo pedir ao seu provedor de internet um roteador atualizado, se você já tem o seu por algum tempo.

Para aqueles com maiores exigências ou instalações não amigáveis ao WiFi (paredes grossas, distância do roteador etc.) uma solução mais customizada é muitas vezes a melhor maneira de resolver o problema. Ela não precisa custar uma fortuna, mas pode realmente valer o investimento extra, particularmente considerando o custo e incomodo de dispositivos que dependem de fios.

Falaremos mais sobre algumas opções adiante, em outro mito.

MITO 2: WiFi não precisa de fios.

Man Cutting Cable Wifi

NA REALIDADE: Infelizmente, o WiFi não é mágico. É um simples sinal de rádio que transmite sua conexão à Internet a partir de seu modem/roteador (normalmente fornecido por seu provedor de serviços de Internet).

O problema com muitos roteadores fornecidos por ISP é que eles são geralmente de baixo custo e não suportam o nível de uso de WiFi comumente visto em residências e empresas modernas. A melhor maneira de garantir uma boa experiência WiFi por toda sua casa é ter pontos de acesso sem fio especializados instalados, que são conectados ao seu roteador e transmitem um forte sinal WiFi onde quer que seja necessário.

MITO 3: Minha TV é sem fio, então é assim que eu devo conectá-la à Internet.

Couple Watching WiFi TV

NA REALIDADE: Não necessariamente. Por quê? Só porque um dispositivo pode funcionar sem fio, não significa que deva.

Qualquer dispositivo fixo que não precise ser móvel deve, idealmente, ser cabeado com cabo de rede e conectado diretamente ao seu roteador. Você terá uma conexão muito mais confiável, evitará ocupar desnecessariamente a largura de banda sem fio e reduzirá o risco de buffering irritante.

MITO 4: Meu WiFi é lento, então provavelmente é só porque eu tenho uma conexão de internet ruim.

Snail Slow WiFi

NA REALIDADE: Possivelmente, mas não necessariamente verdadeiro na maioria dos casos.

Como mencionado acima, o acesso sem fio à Internet é obtido através de um sinal de rádio, geralmente a partir de um dispositivo disponibilizado pelo seu provedor de internet que também incorpora um modem e um roteador (eles são geralmente referidos apenas como roteadores).

A parte do modem se conecta à linha de banda larga que leva a Internet até sua casa e a parte do roteador, em seguida, distribui a conexão entre os vários dispositivos em sua rede. Sua velocidade de conexão de banda larga determina a velocidade da conexão com a Internet quando ela chega a sua casa. Isto pode ser lento (particularmente em áreas remotas).

Mas uma causa mais provável do acesso lento à Internet WiFi é que a velocidade de transmissão desse sinal sem fio é lenta e/ou sofre interferência e/ou capacidade inadequada. Em resumo, confundir ‘internet’ com ‘WiFi’ pode ser um erro frustrante (e potencialmente caro).

MITO 5: O roteador do meu ISP não está sendo suficiente para seu uso de WiFi, então provavelmente preciso de vários impulsionadores/repetidores/extensores de sinal sem fio espalhados pela casa.

bad WiFi Router

NA REALIDADE: Para alguns, repetidores de sinal WiFi são uma maneira fácil e barata de obter uma melhora de alcance do sinal muito necessário.

Para a maioria das pessoas que descobrem que o WiFi de seu roteador fornecido pelo provedor não está à altura da sua utilização, as chances são de que a adição de impulsionadores, repetidores ou extensores de alcance irá realmente resolver o problema.

A parte negativa é que eles criam suas próprias redes sem fio separadas de modo que você efetivamente acaba com múltiplos dispositivos de transmissão WiFi competindo entre si pela largura de banda.

É muito melhor ter dispositivos que são projetados para funcionar em harmonia como uma única rede sem fio, ou que sejam bem dimensionados e pensados para resolver seu problema em específico. Para isso, recomendamos que dê uma lida em nosso artigo Qual o Melhor Repetidor de Sinal WiFi de 2021.

Lorenzo Ruas

Lorenzo Ruas

Lorenzo Ruas é um blogueiro de 27 anos morador de São Paulo apaixonado por tecnologia. Ele é Engenheiro de Redes certificado pela Cisco e atualmente faz mestrado em Segurança de Redes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *